terça-feira, 27 de abril de 2010

Mensagem de Chico Xavier, recebida pela medium Wagner Paixão durante o encerramento do 3º Congresso Espírita Brasileiro em Brasília (18/04/10)

Na Luz do Amor

Meus queridos irmãos e distintas irmãs de nosso ideal com Jesus, supliquemos juntos ao Senhor as dádivas do entendimento e da paz, da fé e do amor fraternal ante a infinita misericórdia de nosso Pai, manifesta entre nós em luzes e bondade inexcedível. Temos a considerar por gratidão e reconhecimento a amizade sincera que nos devemos uns aos outros, o esforço pela adoção da mensagem de Amor do Evangelho e o trabalho que nos enobrece os dias, a vida interior, sempre louvando a Deus.

Vemos as manifestações dos generosos corações que em nós, pequenino candidato à luz cristã, enxergam o que compete e esplende em Jesus, nosso Senhor. É a nossa gratidão profunda, pelo cunho de bondade e ternura, verdadeiro estímulo ao nosso coração ainda imperfeito, a nos propor o prosseguimento da grande luta pela renovação de nós próprios à Luz do Evangelho. Não utilizamos aqui, nessas notas de reconhecimento e gratidão o efeito convencional do pensamento humano, divorciado do amor a Deus; não! Salientamos a verdade que se estampa na vida que passamos entre sacrifícios e lágrimas, fé e serviço a descobrir em sublime usufruto: todos os nossos desentendimentos na Terra são ainda nódoas de nossas tendências inferiores, quais sombras transitórias entre claridades inapagáveis do Amor Divino.

Na Jornada Espírita Cristã os desafios sempre correm por conta de nossas imperfeições. Digo-lhes isso com a sinceridade depreendida das experiências que nos assinalaram os anos de abençoado aprendizado e labor entre o mundo físico e o espiritual. O Chico que todos vocês identificam com a inalterável bondade de suas almas tão queridas, não é mais que a projeção dos potenciais que brotam, belos e imorredouros de seu sentimento já convertido à Nosso Senhor Jesus Cristo. O nosso encargo no Espiritismo alcança níveis de responsabilidade muito altas, porque todas as aberturas da sociedade humana à sublime revelação que nos chegou com Allan Kardec nos requisitam o esquecimento de tudo aquilo que em nós se assemelha a impedimento, a adulteração dos excelsos propósitos Evangélicos, então redivivos pelos ensinos dos espíritos.

A mais expressiva manifestação do Amor é a Fé, que nos corrige os vícios, que nos soergue nos dramas e provações de toda ordem, que nos aponta o Senhor no cume do monte, que se alteia cada vez mais pelo mecanismo da evolução e do progresso. A ventura dos que efetivamente compreendem a Doutrina dos Espíritos está em servir, porque servindo sem exigências, sem elitismo, sem a sombra dolorosa das vaidades e do orgulho, exercitamos o Dom do Amor. Não há outro meio, meus irmãos, de ver e sentir Deus por dentro do próprio ser.

O Cisco que lhes fala neste instante, ainda e por muito tempo necessita das preces amorosas e amigas de todos vocês. Uma encarnação iluminada pela Doutrina e buscando a própria educação nas disciplinas libertadoras é um passo expressivo, mas não a santidade, consoante muitos pensam. Respeito a todos é o princípio elementar da subida, não reconhecemos autoridade em quem não ama, excluído dos propósitos divinos. Mas quando o silêncio nos freia os impulsos primários e a paciência nos versa sobre a sabedoria de Deus, o verdadeiro entendimento do que o Espiritismo nos revela nos torna melhores e nos capacita à secundar os bons espíritos nesta escalada que segue para o infinito da criação, revelando-nos Deus.

Amemo-nos uns aos outros, meus irmãos, sem competições, sem vaidades, sem presunção, sem desprezo ao que nos ensinou Jesus, em sua missão redentora, de nossos velhos e perigosos hábitos humanos. Sobre o nosso Brasil paira a benção da mais grave responsabilidade: a da vivência do Evangelho puro e simples, em que a fé e a caridade dando-se as mãos, ilustre, para todos os nossos irmãos em sofrimento e negação, a presença de Deus.

Nós agradecemos com a alma e o coração, empenhados no compromisso de servir e amar, porque a mais alta distinção de um filho de Deus Altíssimo é fazer Sua vontade Augusta em todos os lances e ocorrências do caminho. Suplico ao nosso anjo maternal, nossa Mãe Santíssima, que a todos abençoe em nome D ’Ele, o Senhor e Mestre, nosso Governador planetário, que nossos benfeitores de sempre, a serviço de Ismael no Brasil, e em favor de todo o Mundo nos inspirem, hoje e em todos os dias que virão, a compaixão e a amizade; a confiança e a abnegação.

Obrigado meus amigos tão queridos, a homenagem dos corações segue para Jesus, como todas as nascentes fornecem a água que repousará nos oceanos. Sirvamos sem desalento e sem exigências, porque o Amor é o nosso prêmio supremo, falando de Deus ao nosso ser. Do menor servidor e amigo de todos,

Chico Xavier (psicografia de Wagner Paixão – 3º Congresso Espírita Brasileiro – 18/04/2010)

Fonte:

O Sublime Triângulo

A Ciência, a Filosofia e a Religião constituem o triângulo sobre o qual a Doutrina Espírita assenta as próprias bases, preparando a Humanidade do presente para a vitória suprema do Amor e da Sabedoria no grande futuro.

Recorremos às três vigorosas sínteses da Codificação Kardequiana,para comentar, com mais segurança, o tríplice aspercto de nossos princípios redentores.

Com a Ciência, asseverou o grande missionário:

"A fé sólida é aquelaque pode encarar a razão, face a face."

Com a Filosofia, afirmou peremptório:

"Nascer, viver, morrer e renascer de novo, progredindo sempre, tal é a lei."

Com a Religião disse bem alto:

"Fora da caridade não há salvação."

Não será justo em nosso movimento libertador da vida espiritual, prescindir da Ciência que estuda, da Filosofia que esclarece e da Religião que sublima.

Buscando a verdade, colheremos o conhecimento superior; conquistando o conhecimento superior, penetraremos novas faixas de evolução e, absorvendo-lhes a claridade divina, compreenderemos que somente pela caridade que é amor puro, é que viveremos em harmonia com a justiça imutável, erguendo-nos enfim à desejada ascensão.

Abracemos em nossa fé o trabalho paciente da pesquisa honesta e a construção do entendimento, para que a fraternidade cristã possa esculpir em nós mesmos a viva pregação do ideal que espalhamos, no serviço aos outros e que significa a nós mesmos.

Em suma, instruamo-nos e amemo-nos uns aos outros, descerrando o coração ao sol da boa vontade infatigável e incessante, e o Espírito da Verdade nos tornará na Terra por instrumentos úteis na edificação do Reino de Deus.


Fonte:
XAVIER, Francisco Cândido. Pelo Espírito Emmanuel. Fonte de Paz. 1ª ed. IDE/Araras, 1987. cap 15, pp 67 a 70

NOTA DO BLOG:Esta mensagem de Emmanuel também está publicada no Portal Garanhuns Espírita:
http://www.garanhunsespirita.com.br/modules.php?name=Content&pa=showpage&pid=30

PORQUE GARANHUNS NÃO VÊ CHICO XAVIER

Cine Eldorado publica nota no Blog do jornalista Roberto Almeida — http://robertoalmeidacsc.blogspot.com/ — sobre a não exibição do filme Chico Xavier em Garanhuns. Pelo menos esclareceram de forma clara, pois que, todas as pessoas que conheço e que ligavam para o cinema, inclusive eu mesmo, recebiam informações diferentes de cada vez. Eu mesmo liguei numa semana e minha esposa em outra, e recebemos duas informações diferentes, totalmente contrárisa às da nota do Cine Eldorado. Também, Dedé Seixas, deixou comentário em meu blog — http://claudioluciano.blogspot.com/ — informando que o filme tinha estréia prevista para o dia 30 deste mês de abril. (Cláudio Luciano)

MATÉRIA NO BLOG DE ROBERTO ALMEIDA:

Recebemos da direção do Cine Eldorado de Garanhuns, uma satisfação a respeito da não inclusão do filme Chico Xavier em sua programação. Por duas vezes cobramos dos responsáveis pela PMC Cinemas uma explicação. O Blog do Wagner Marques chegou a informar que o longa estrearia dia 30, mas pelo que diz a nota enviada a este repórter isso não será possível. Leia abaixo, na íntegra, o porquê de Garanhuns estar sendo discriminado na exibição de um filme que está batendo recorde de bilheterias no País:

NOTA DA DIREÇÃO DO CINE ELDORADO

Caro Roberto Almeida,

Não fomos incluídos no lançamento por parte da distribuidora Downtown. Estamos aguardando liberação de cópia deste filme para inclusão na grade de programação, pois, até o momento não existem cópias disponíveis.

Uma coisa é certa: Quem está exibindo não pode descartar o filme por força de contrato e quem não pôde entrar no lançamento, vai ter que esperar.

Acreditamos que não fomos incluídos, pelo fato do filme possuir exigências contratuais severas de exibição, que inviabilizariam entrarmos no lançamento, como por exemplo, a exigência de exibição e exclusividade em uma sala por oito semanas seguidas. Como também, achamos que não interessa a eles, incluir uma cópia no Cine Eldorado, devido ao valor cobrado do preço do ingresso(R$10 e R$5,00). Para você ter uma idéia, as distribuidoras de cinema recebem 50% do valor arrecadado na bilheteria e com esses preços cobrados, não houve interesse comercial da Downtown em nos oferecer o filme.

Eles preferiram alocar a cópia em outro cinema com preços de ingressos mais elevados, com isso aumentando consideravelmente a arrecadação do filme.

E mais, o contrato de exibição exigindo 8 semanas exclusivas do filme numa sala, impede a estreia de outros filmes no cinema, filmes como O Livro de Eli, Homem de Ferro 2(estreia mundial), Uma Noite Fora de Série, Um Sonho Possível(oscar de Melhor Atriz), Como Treinar o Seu Dragão, Robin Hood(estreia mundial), Fúria de Titãs(estreia mundial) e o mais esperado do ano: ECLIPSE(estreia mundial), filmes que temos que exibir também por força de contrato já assinados com outras distribuidoras.

Um cinema como o nosso, com apenas duas salas não pode se dar ao luxo de ficar com um único filme exclusivo em uma sala por oito semanas, pois inviabilizaria totalmente o negócio.

Portanto, estamos aguardando uma cópia por volta da oitava ou nona semana, quando outros cinemas estarão descartando o filme.

Hoje este filme está apenas na terceira semana de exibição.

Esclarecemos também, que da mesma forma que Chico Xavier, o filme Alice no País das Maravilhas(que tem um contrato mais acessível) também ficou fora do lançamento, e está sendo tão procurado quanto, e só vamos poder exibi-lo daqui há algumas semanas, quando suas cópias estiverem disponíveis.

Fonte:

Blog do Jornalista Roberto Almeida em http://robertoalmeidacsc.blogspot.com/2010/04/porque-garanhuns-nao-ve-chico-xavier.html, acesso em 27/04/2010 às 09:51h

NOTA DE CLÁUDIO LUCIANO: o presente artigo, com o texto do jornalista e a nota do cinema foi publicado agora mesmo no Portal Garanhuns Espírita - http://www.garanhunsespirita.com.br/.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...