sábado, 11 de dezembro de 2010

Auto da Estrela Nordestina

Então, aproxima-se o Natalício de Jesus, e todos nos lembramos da noite feliz, a noite inesquecível para um povo sofrido que guardava a esperança e a fé em um Salvador que os libertasse do sofrimento.

Assim é o povo nordestino, assim é o sertanejo.

Hoje me emocionei às lágrimas com a apresentação do GRUPO DIOCESANO DE ARTES com o “Auto da Estrela Nordestina”.

Um Jesus sertanejo que nos remete a uma mensagem de conforto, principalmente para o povo sofrido, que sempre tem fé no seu Messias nordestino.

Em busca do Messias, assisti hoje a momentos emocionantes na estréia do Auto da Estrela Nordestina...

O povo que caminha pela terra seca do sertão, lembrando o povo sofrido de Nazareth...

Um João que vem mostrar o caminho, abrir as veredas para Aquele que é o caminho, a verdade e a vida...

Três sertanejos sofredores que homenageiam o Messias nordestino...

Mulheres piedosas que choram a secura e a provação sertaneja.

Não me contive; fui às lágrimas, principalmente ao ouvir o canto sofrido do aboiador, como um lamento constante na alma de quem olha para o horizonte sem nuvens, na esperança de uma gota de chuva para mitigar a sede do gado.

Chega o Natal, e nas veredas agrestes do nosso Sertão o gado muge, o filho pede comida e água e o sertanejo lança um olhar de esperança no futuro.

Parabéns ao Grupo Diocesano de Artes.

Ainda agora, ao escrever estas linhas humildes, acodem-me as lágrimas!

O espetáculo será apresentado também amanhã 12/12/2010, no Relógio de Flores, a partir das 19:00h

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...