sábado, 25 de agosto de 2012

Postagens "espíritas" no Facebook - texto que publiquei...


Aos companheiros Espíritas, em especial, que utilizam o FB para postar mensagens edificantes de cunho Espírita: tenho notado que, muitas vezes, têm sido compartilhados mensagens e textos atribuídos a alguém, por exemplo, Chico, Kardec, André Luiz, etc.

Eu, pessoalmente, antes de compartilhar tenho o cuidado de verificar se a fonte procede e, justamente por ter este hábito me deparei com uma mensagem, atribuída a Allan Kardec e que ele nunca escreveu! O próprio texto, em si, já demonstrava não ser o estilo kardequiano. O texto era ruim? Não! Mas era profundamente pobre de estilo!

Além do mais, é antiético atribuir algo a alguém que não lhe é o titular e dar armas aos adversários do Espiritismo.

Outro dia recebi uma tal corrente de Chico Xavier, uma paródia infame das famosas correntes que antes vinham pelos correios, depois por email e agora nas redes sociais.

A Doutrina Espírita tem ganhado espaço em todos os quadrantes, mas ao mesmo tempo em que mais pessoas falam dele, poucos se preocupam com seu conteúdo sério e passam qualquer coisa em nome do Espiritismo, dando autoria de nomes importantes no seio da Doutrina a qualquer coisa, inclusive, e o mais grave, a seus próprios textos!

Muitos leem um livro ou mensagem e acham bonitinhas e não os passam pelo crivo kardequiano. Resultado? Um monte de livros mediúnicos, sem conteúdo Espírita com teses esdrúxulas e quixotescas. Livro ou mensagem mediúnico pode ter em qualquer lugar, filosofia ou religião, mas o livro/mensagem mediúnico Espírita só se estiver dentro dos princípios exarados na Codificação, monumento granítico da Doutrina Espírita.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...